busca

Bizarrice

Brasileiros têm o 22º maior pênis do mundo, de acordo com novo ranking; saiba qual país lidera

Por Da Redação  em 19 de abril de 2022

A média do órgão genital ereto no Brasil está em 15,22 cm, bem abaixo dos campeões, que chegam a 17,61 cm

Brasileiros têm o 22º maior pênis do mundo, de acordo com novo ranking; saiba qual país lidera
(Foto: Pixabay)

 

Em qual país os homens possuem os maiores pênis? Não é na África, segundo uma pesquisa realizada pela farmácia on-line From Mars e divulgada pelo tabloide britânico Daily Mail.

O levantamento reuniu dados do Google de 86 países e classificou o vigor masculino num ranking do maior para o menor.

Em primeiro lugar entre a população mais bem dotada, sexualmente falando, está o Equador, com uma média de 17,61 cm com o órgão ereto, o que representa mais de 10% da altura média.

A nação africana Camarões ficou em segundo lugar com média de 16,67cm, seguida pela Bolívia, na América do Sul, com 16,51cm. Sudão, com 16,47 cm, e Haiti, com 16,01 cm, países da África e Caribe, respectivamente, completaram os cinco primeiros lugares.

O Brasil aparece apenas em 22º lugar, com tamanho médio do pênis ereto de 15,22 cm, empatado com a Costa do Marfim. Ficamos atrás da Holanda (15,87 cm) e da França (15,74 cm), por exemplo.

Em último lugar, com apenas 10,04 cm de ereção, em média, aparece o Camboja, no sudeste asiático.

 

Brasileiros têm o 22º maior pênis do mundo, de acordo com novo ranking; saiba qual país lidera

 

Segundo o farmacêutico Navin Khosla, que revisou a pesquisa e foi ouvido pelo Daily Mail, o tamanho do membro de um homem geralmente tem um grande impacto na autoimagem e na confiança.

“As pessoas estão preocupadas com o tamanho ou a forma, ou qualquer outro aspecto. A maioria de nós já se perguntou em algum momento se o nosso é grande o suficiente”, comenta o especialista.

Apesar disso, o público masculino não deve ficar desanimado se seu órgão sexual não satisfaz a média apontada pelo ranking da From Mars. Como mostra o tabloide britânico, o levantamento se baseou em dados autorrelatados para determinar o tamanho médio do pênis de cada nação, deixando a possibilidade de que os entrevistados tenham mentido sobre as medidas reais.

Quando perguntado se o tamanho realmente importa, Khosla afirma ao Daily Mail: “Em última análise, a resposta é talvez. A verdade é que é muito mais provável que o dono do pênis se preocupe com o tamanho do que seus parceiros sexuais”.